A Xsealence continua a aumentar, ano após ano e em diferentes partes do mundo, o número de embarcações de pesca dotadas de equipamentos MONICAP™ VMS de monitorização via satélite, confirmando a sua posição como ator global fundamental neste segmento de negócio.

Por regiões, a Xsealence reforçou a sua posição em várias geografias. Em África, no ano passado, assinou um contrato com o Comité de Pescas do Golfo da Guiné Central e Ocidental (FCWC, https://fcwc-fish.org/) no âmbito de um Concurso Público Internacional para a monitorização e gestão regional das pescas no Golfo da Guiné. O objetivo principal é minorar os impactos da pesca ilegal na região e contribuir para a melhoria da conservação dos recursos haliêuticos, do desenvolvimento sustentável, da segurança alimentar e a redução da pobreza na África Ocidental.

O Comité de Pescas do Golfo da Guiné Central Ocidental é uma organização regional de pescas que engloba seis países da África Ocidental: Benim, Costa do Marfim, Gana, Libéria, Nigéria e Togo.  A FCWC foi criada em 2007 para facilitar a cooperação na gestão partilhada das pescas entre os países membros.

O sistema fornecido permite em primeiro lugar às autoridades nacionais e regionais do Golfo da Guiné, com competências na fiscalização da atividade de pesca bem como na vigilância e controlo marítimo, a definição e cumprimento de um quadro de prioridades regionais de pesca e também reforçar a atuação dos organismos regionais, definindo mais eficazmente o papel e as relações de cada organização; em segundo lugar, permite capacitar a autoridade nacional e regional competente, para realizar ações de monitorização e controlo que lhes permita limitar a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (INN); em terceiro lugar, demonstrar o valor acrescentado das abordagens coordenadas para gestão compartilhada da pesca.

Na sequência deste acordo, a Xsealence iniciou este ano de 2021 o fornecimento da primeira tranche de equipamentos MONICAP™, que permitem a monitorização e controlo via satélite das embarcações de pesca a operar no Golfo da Guiné, dentro da área da convenção, habilitando as autoridades a exercer um controlo efetivo das condições da atividade de pesca aí desenvolvida,

O MONICAP™, pioneiro e caso de estudo na União Europeia, deu os primeiros passos em 1988 e é uma solução de monitorização e controlo das atividades da pesca que resultou de uma parceria sólida com as Autoridades de Pesca Portuguesas, onde o sistema está instalado desde 1992. Essa parceria ainda hoje se mantém, visando não só melhoramentos tecnológicos e funcionais, mas também os quadros legais de aplicação deste tipo de ferramentas.